Que fase! Britânica força ultrapassagem na última curva, cai de novo e fica fora de final

Campeã mundial, Elise Christie sofre segunda queda em PyeongChang, dessa vez nas semifinais dos 1.500m.

17/02/2018 às 10:15:00
Elise Christie chora ao deixar a pista imobilizada - Foto: Jamie Squire/Getty Images

Parece que nada dá certo para Elise Christie em se tratando de Olimpíada de Inverno. De novo a britânica, nome a ser batido na patinação de velocidade em pista curta, sofreu uma queda em PyeongChang. Dessa vez foi na prova dos 1.500m. Na última curva das semifinais, ela forçou uma ultrapassagem sobre a chinesa Li Jinyu - ambas disputavam a segunda colocação e, consequentemente uma vaga na final - e caiu junto com a adversária. A arbitragem acabou punindo a atual campeã mundial, e ela ficou fora da disputa por medalha. Christie ainda deixou a pista aos prantos, imobilizada numa maca, e foi levada a um hospital.

Na última terça-feira, Christie já havia sofrido uma queda. Ela caiu perto do fim da prova dos 500m e perdeu a chance de obter sua primeira medalha olímpica.

O calvário olímpico da atleta britânica vem desde Sochi 2014. Favorita ao pódio, foi desclassificada em todas as três provas que disputou: 500m, 1000m e 1500m. Sofreu bullying nas redes sociais, ameaças de morte e viu-se obrigada a deletar suas contas.

Recordista mundial dos 1500m, a coreana Choi Min-jeong conquistou a medalha de ouro, com 2m24s948. Derrubada por Christie na semifinal, LI Jinyu foi para a final por decisão dos juízes e ficou com a prata, com 2m25s703. A canadese Kim Boutin completou o pódio, com 2m25s834.