Polícia Militar prende em Bonito um dos envolvidos no assalto de Paulo Buchanelli, morto com um tiro no peito

Segundo informações do Comandante da 1ªCIPM (Companhia Independente da Policia Militar) de Bonito, Tenente-coronel Luciano Espindola da Silva, em contato com a redação do RN, o rapaz foi preso ao tentar sair da cidade.

Welisson Sanches Fragozzo, de 21 anos - Divulgação

Welisson Sanches Fragozzo, de 21 anos, foi preso no inicio da tarde desta sábado (17) na cidade de Bonito, distante 227 km de Sidrolândia, durante operação da Policia Militar. Acusado de participação no crime que chocou a cidade na tarde da ultima quinta-feira (15), Welisson buscou refugio na casa de familiares na cidade turística.

Segundo informações do Comandante da 1ªCIPM (Companhia Independente da Policia Militar) de Bonito, Tenente-coronel Luciano Espindola da Silva, em contato com a redação do RN, o rapaz foi preso ao tentar sair da cidade. “Ele se dirigia ao terminal rodoviário, provavelmente para fugir do cerco policial, mas nossa guarnição já estava de posse de um mandado de prisão preventiva e monitorava seus passos”, revelou.

O acusado tentou empreender fuga ao avistar a chegada dos policiais. Dada voz de prisão, levou a mão a cintura e foi alvejado por um disparo que atingiu o braço esquerdo. Na Delegacia de Polícia Civil, o rapaz confessou participação no crime; disse que pilotava a motocicleta durante assalto que tirou a vida do empresário Paulo Cesar Buchenalli, de 48 anos, morto com um tiro no peito em frente a agencia do Banco do Brasil. Em instantes, mais informações.