Mato Grosso do Sul passa a integrar o Grupo de Líderes Empresariais

O Lide foi fundado no Brasil em 2003, pelo prefeito de São Paulo (SP), João Dória, e atualmente conta com 1,7 mil empresários associados.

Campo Grande (MS) – Ao participar do lançamento do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), em Mato Grosso do Sul, o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, destacou que o modelo de gestão implantado pelo governador Reinaldo Azambuja foi importante para que Mato Grosso do Sul conseguisse enfrentar a maior crise da história do País mantendo os compromissos com os servidores em dia e assegurando investimentos para todos os municípios sul-mato-grossense. Ele participou da solenidade realizada nesta terça-feira (27.3) na Federação das Indústrias de MS (Fiems), representando o Governo.

Riedel ressaltou a maneira como o poder público tem trabalhado para tornar o ambiente no Estado o mais positivo possível para o desenvolvimento do setor empresarial. “Desde que fui convidado para ingressar na equipe do governador Reinaldo Azambuja, sempre tive muito claro que nós precisávamos levar para o ambiente público um conceito de Estado eficiente”, explicou em sua fala durante o evento. Com uma reforma administrativa que garantiu a redução do número de secretarias, a criação da lei do teto dos gastos públicos, a reforma previdenciária para os servidores, entre outras ações, Mato Grosso do Sul ganhou pontos e, inclusive, passou a liderar rankings de liberdade econômica, demonstrando o seu potencial de liderança.

O Lide foi fundado no Brasil em 2003, pelo prefeito de São Paulo (SP), João Dória, e atualmente conta com 1,7 mil empresários associados. A organização atua em 13 países em diferentes áreas, como: agronegócio, comércio, empreendedorismo, inovação, educação, cultura, entre outras. O lançamento em Mato Grosso do Sul contou com a presença de autoridades e lideranças empresariais. Também falaram na cerimônia o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, o presidente e diretores do Lide.